Já sabemos que os alimentos orgânicos são cultivados sem o uso de agrotóxicos e pesticidas químicos, além disso para serem considerados orgânicos devem estar de acordo com a legislaçao ambiental visando conservar e preservar o meio ambiente.

Os alimentos orgânicos nos proporcionam uma alimentação mais saudável e rica em nutrientes, mas será que estamos aproveitando todos os benefícios oferecidos por eles?

Todos podemos usufruir de uma alimentação equilibrada e rica nutricionalmente, sem desperdiçar algumas partes dos alimentos, que em sua maioria, são ainda mais nutritivas que o próprio alimento. Seja por falta de informação, curiosidade, estímulo ou preconceito acabamos jogando fora na maioria das vezes as cascas, os talos, as polpas, as sementes, as ramas e os bagaços.

Promover e divulgar a prática do combate ao desperdício e do consumo sustentável é um forte aliado para enriquecer nossa alimentação e preservar o meio ambiente, afinal podemos criar diversas novas receitas a partir das partes descartadas dos alimentos, o que influencia diretamente em uma menor produção de resíduos.

Das folhas, ramas e cascas podemos fazer refogados, patês, pães, e farofas. Do bagaço, geléias e doces. As cascas também podem ser utilizadas para fazer purês, patês, sucos e doces, como por exemplo: o doce de cascas de laranja cristalizadas, o purê de batatas com casca, o doce de abacaxi com bagaço da própria fruta, além da geléia de uva feita com as suas sementes.

O consumo consciente reflete não só em nossa saúde alimentar, como também em nosso bem estar financeiro. Afinal inovar nas receitas usufruindo de todas as partes dos alimentos contribui com a redução de gastos, pois aprendemos a consumir partes que possivelmente seriam descartadas.

Pratique na sua cozinha, mude seus hábitos alimentares e colabore com a transformação e conscientização mundial.

Confira algumas Receitas da Chef Sandra Marangoni